Nota de falecimento

A ABHR expressa aqui seu pesar pelo falecimento do Professor Sérgio Ferretti, referência das mais importantes nos estudos de religiões afro-brasileiras.Agradecemos profundamente, Sérgio, por todas as contribuições feitas à ABHR e aos estudos de religiões e religiosidades.

Conferência Internacional e interdisciplinar – Religiões africanas e afrodiaspóricas globais

Estão abertas as inscrições para a Conferência Internacional e interdisciplinar – Religiões africanas e afrodiaspóricas globais.

Local: Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora – Minas Gerais.

Data: 22 a 25 de outubro de 2018.

Para mais informações: https://conferenciareligio.wixsite.com/afro ou conferenciareligioesafro@gmail.com

 

NOTA DA ABHR EM DEFESA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO E DEMAIS PROGRAMAS DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO (UMESP)

NOTA DA ABHR EM DEFESA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO E DEMAIS PROGRAMAS DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO (UMESP)

Foi com assombro que a Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) soube das arbitrariedades cometidas pelo novo corpo de gestores da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), representado pelo reitor Prof. Dr. Paulo Borges Campos  Júnior.

Como apuramos, a atual gestão tem promovido um desmonte dos Programas de Pós-Graduação da UMESP – dentre eles, um Programa parceiro da ABHR, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião. Esse desmonte, como entendemos, tem se dado em razão da recalcitrância ao caráter progressista de docentes e discentes desses programas.

Mais que apoiarmos aqui o movimento Em Defesa da Metodista, nos colocamos lado a lado do mesmo. Não aceitamos a demissão sumária de colegas valorosas/os, dentre elas/es, a Professora Doutora Magali do Nascimento Cunha e o Professor Doutor Cláudio de Oliveira Ribeiro, referências nacionais e internacionais nos estudos de religiões e religiosidades. Outro Professor Doutor, igualmente importante, Rui de Souza Josgrilberg, foi demitido por se recusar a assinar a redução drástica da carga horária imputada às/aos docentes.

Caso esse desmonte vier em processo lento e gradual com impedimento de formação de novas turmas, a ABHR também manifesta sua discordância e conclama o novo corpo de gestores a dialogar com as entidades representativas da Área de História das Religiões e Ciência(s) da(s) Religião(ões), representativas de um conhecimento científico específico que tão bem se notabilizou na UMESP.

Fica nosso agravo a essas e outras demissões, a exigência de explicações acerca de tais arbitrariedades, e a expectativa da justa reintegração de todas as pessoas docentes que foram demitidas, sabendo que os motivos de tais demissões foram político-ideológicos.

Esperamos que essas atitudes sejam reconsideradas, e para além da desértica aridez das mesmas, haja uma fonte de esperança pautada em uma educação sem amarras ou mordaças, libertária, aberta à pluralidade e diversidade, inclusiva e amorosa.

Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) 
14 de dezembro de 2017.
#ABHR 

Sobre Simpósios Centro Oeste, Nordeste e Sul da ABHR

Instituições e grupos de pesquisa associadxs e interessadxs em promover, no segundo semestre de 2017,

a) o primeiro Simpósio Centro Oeste da ABHR, ou
b) o próximo Simpósio Nordeste da ABHR, ou
c) o próximo Simpósio Sul da ABHR,

favor encaminhar email a presidente@abhr.org.br para diálogos iniciais.

Em breve, infos sobre os Simpósio Norte e Sudeste – já em fase de organização.

Nota da ABHR de repúdio à Escola Sem Partido

NOTA DE REPÚDIO DA ABHR À ESCOLA SEM PARTIDO

A Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR), concordando com Nota de Repúdio da Nota da abhr em repudio a escola sem partido 5Associação Nacional de História (ANPUH), apresenta seu veemente repúdio ao movimento doutrinário que se auto-intitula Escola Sem Partido, e que tem promovido perseguições ideológicas e repressões violentas a professoras e professores Brasil afora.

Destacamos aqui, dentre diversos casos, a recente persecução à Marlene de Fáveri, professora de História da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), que tem sido acusada, através de processo promovido por ex-mestranda apoiada pela Escola Sem Partido, de supostas “cristofobia” e “ideologia de gênero”, termos utilizados de modo
falacioso pela Escola Sem Partido.

Apurando cuidadosamente as devidas informações acerca do caso em tela, a ABHR se posiciona contra tal processo, compreendendo as falácias e incongruências contidas nos argumentos apresentados, e se solidariza com a professora Marlene de Fáveri.

A ABHR, associação acadêmico-científica não-confessional, expressa sua posição de apoio e estímulo ao respeito às diversidades de concepções e expressões – dentro de limites e responsabilidades cidadãs, democráticas e constitucionais – e de compreensão da necessidade do desenvolvimento do pensamento crítico dentro e fora de ambientes escolares e acadêmicos.

A ABHR é contrária ao projeto da Escola Sem Partido, que se apresenta como Escola Com Mordaça e Escola Com Censura. O conhecimento deve se desenvolver pautado nos direitos cidadãos e humanos, na informação e na educação fundamentadas em diálogos e em debates respeitosos, e não na supressão de direitos, em acossamentos e em repressões.

Contra a censura e a perseguição ideológica, e sempre favoravelmente ao ensino democrático e respeitoso,

Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR)
Florianópolis, 27 de março de 2017
#ABHRPelaDemocracia
#SomosMarleneDeFáveri

COMUNICADO II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DA ABHR

Prezadxs, algumas pessoas ainda não receberam seus certificados referentes ao nosso Simpósio Internacional e pedimos desculpas por isso.
Tivemos dificuldades pra conferir e digitar todas as listas (cerca de 1.300 pessoas no evento).
Todo o material foi repassado à empresa responsável pela emissão de certificados há algumas semanas, mas nem todos os certificados foram colocados devidamente no sistema do site.
Solicitamos que olhem na área de inscrição: por favor confiram se seus certificados estão lá ou não.
Pedimos que, quem ainda não recebeu seus respectivos certificados, encaminhe email (não adianta solicitar por aqui) para o contato do próprio evento (secretaria@simposio.abhr.org.br) com cópia para Arielle Rosa Rodrigues, que é a pessoa que está ajudando nesta demanda (ariellerosarodrigues@gmail.com) da conferência dos certificados junto à empresa e, quando necessário, na emissão de declarações.
Agradecemos a participação de todas as pessoas e pedimos novamente nossas mais sinceras desculpas pelo atraso na emissão dos certificados de algumas de vocês.
ABHRaços