Lançamento do livro “ATÉ AOS CONFINS DA TERRA: o movimento ecumênico protestante no Brasil e a evangelização dos povos indígenas”

Comunicamos o lançamento do livro “ATÉ AOS CONFINS DA TERRA: o movimento ecumênico protestante no Brasil e a evangelização dos povos indígenas” de autoria do Prof. Carlos Barros Gonçalves (associado da ABHR).

“ATÉ AOS CONFINS DA TERRA: o movimento ecumênico protestante no Brasil e a evangelização dos povos indígenas” é o título do livro recém publicado pela Editora da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) de autoria de Carlos Barros Gonçalves, egresso da Graduação e Pós-Graduação (FCH/UFGD) e servidor do Centro de Documentação Regional/UFGD. A obra foi fruto de cerca de quatro anos de pesquisas em acervos históricos das principais igrejas protestantes de origem missionária no Brasil. Em seu conjunto, o livro se ocupa com a história das iniciativas ecumênicas de institui¬ções, de líderes e fiéis protestantes nas primeiras décadas republicanas, para superarem diferenças teológicas e doutrinárias e se orientarem pela visão de “ecumene”, isto é, da unidade subjacente às diversidades e da consciência de habitar um único e mesmo mundo. Nesse contexto, o autor inseriu o surgimento dos ideais para evangelização dos povos indígenas no Brasil e especialmente a criação da Missão Evangélica Caiuá, instalada em Dourados (MS) em 1929.
O livro pode ser adquirido na versão impressa na Editora da UFGD e está disponível também no formato digital na página da Editora (www.ufgd.edu.br/editora/catalogo), que contém todas as obras publicadas pela Universidade. A Editora também enviará exemplares para universidades e instituições de pesquisa.”

Autor: carlosgoncalves@ufgd.edu.br
Editora: editora@ufgd.edu.br

http://www.ufgd.edu.br/editora/catalogo/ate-aos-confins-da-terra-o-movimento-ecumenico-protestante-no-brasil-e-a-evangelizacao-dos-povos-indigenas-carlos-barros-goncalves

Lançamento de livro: “Aragem do sagrado – Deus na literatura brasileira contemporânea”

Comunicamos o lançamento do livro “ARAGEM DO SAGRADO – DEUS NA LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA” organizado pelo Prof. Carlos Caldas Filho (associado da ABHR), juntamente com os professores Geraldo Luiz de Mori e Luciano Costa Santos.

“Esta coletânea reúne estudos de autores de diversas áreas do saber: teologia, literatura, filosofia. O objetivo de todos é mostrar como Deus se inscreve nas obras poéticas e literárias do Brasil contemporâneo. O interesse desse tipo de estudo é situar-se a meio caminho entre o leitor comum e as análises minuciosas dos grandes críticos da poesia e da literatura.”

Para maiores informações: http://www.loyola.com.br/livraria/detalhes.aspx?COD=13380

Revista impressa Perspectiva Histórica: Dossiê “Religião e Política”

Acaba de ser lançado o primeiro número da revista impressa Perspectiva Histórica. A temática do dossiê desse primeiro número é “Religião e Política” e conta com artigos de nossos associados Lyndon De Araújo Santos, Adriana Martins Dos Santos, Elizete da Silva, entre outros.

O e-mail de contato da revista é: revistaperspectivahistorica@bol.com.br
Sumário:

Artigos

1- “Infelizmente somos Congregacionais”: Democracia, ecumenismo e cultura política no protestantismo brasileiro. Lyndon de Araújo Santos
2 – Protestantismo e política na Bahia: Vocação e pragmatismo, fazer política para a glória de Deus. Elizete da Silva
3 – A eficácia de uma presença libertadora: A trajetória do padre Cláudio Perani (1932-2008). Iraneidson Santos Costa
4 – Pescando (com) pescadores. Uma leitura das relações entre trabalhadores da pesca, Esquerda católica e participação política na arquidiocese de Maceió. Fernando Antonio Mesquita de Medeiros
5 – Direita, Esquerda ou Centro: A trajetória política da IURD. Adriana Martins dos Santos.
6- A Assembleia de Deus e a política partidária de Feira de Santana. Igor José Trabuco da Silva.
7 – O clero na formação do Estado imperial Brasileiro. Israel Silva dos Santos
Entrevistas Josadac Bezerra dos SantosCândido da Costa e Silva
Resenhas

CEAS: Uma bela história de resistência democrática. Daniel Aarão Reis FilhoUma apreciação do livro Bahia, a corte da América. Vanderlei Marinho Costa.Reflexões sobre a bolha. Sílvio César Oliveira Benevides.