A ABHR

A Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) foi criada em 25 de junho de 1999, na Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Assis, durante Assembleia Geral daquele que é considerado seu primeiro evento nacional, o I Simpósio sobre História das Religiões, organizado por professoras/es da linha de pesquisa Religiões e Visões de Mundo, do Programa de Pós-Graduação em História da Faculdade de Ciências e Letras desta universidade.

A ABHR é filiada, desde 2000, à International Association for History of Religions (IAHR), e se coloca aberta à criação e manutenção de diálogos, vínculos e parcerias, em regime de colaboração mútua, com outras entidades, organizações, instituições e núcleos de estudos acadêmicos de religiões e religiosidades, em níveis regional, nacional e internacional.

A ABHR é uma entidade sem fins lucrativos, não confessional e apartidária, completamente independente de grupos políticos ou religiosos, e que tem como objetivos:
. estimular a pesquisa, o ensino e a extensão universitária no campo das religiões e religiosidades e em todos os níveis acadêmicos
. promover e democratizar o intercâmbio de conhecimentos acadêmicos sobre religiões e religiosidades através de encontros científicos em níveis regional, nacional e internacional
. incentivar publicações acadêmica e socialmente relevantes de suas/seus associadas/os, nas modalidades individual e coletiva
. contribuir para o alargamento e consolidação dos estudos que têm as religiosidades e religiões como mote nas diversas regiões do Brasil

A ABHR promove intercâmbios entre pesquisadoras/es de quaisquer áreas, e não somente entre historiadoras/es, e por esta razão é conhecida como uma associação de estudos de religiões e religiosidades: grande parte de nossas/os associadas/os são provenientes das Ciências da Religião, Antropologia, Sociologia, Ciência Política, Direito, Teologia, Letras, Psicologia e outros campos, além da própria História.

A ABHR é composta por uma Diretoria Geral, à qual pertencem a Diretoria Executiva, formada por Presidente, Secretária/o Geral, Secretária/o de Divulgação e Tesoureira/o, e pelas/os Coordenadoras/es Regionais. Além da Diretoria Geral, a Associação é constituída por Conselho Fiscal, Conselho Científico, Comissão Editorial, Comissão de Redação da Plura – Revista de Estudos de Religião, Associadas/os, e a Assembleia Geral.

A ABHR é uma entidade que repudia qualquer tipo de discriminação e intolerância, religiosas ou não, e se manifesta contrária a qualquer demonstração de violação dos direitos constitucionais brasileiros, se amparando no Artigo 5o do 1o Capítulo (Título 2 – Dos Direitos e Garantias Fundamentais) da Constituição da República Federativa do Brasil, que rege:

“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias (CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA BRASILEIRA, 1988)”.

A ABHR destaca seu posicionamento favorável não somente aos direitos constitucionais, mas aos Direitos Humanos em sua forma mais ampla.

Como entidade que busca promover, da maneira mais democrática possível, o alargamento e aprofundamento de intercâmbios entre pessoas que pesquisam as religiosidades e religiões, a ABHR tem investido em seu processo de regionalização através das Coordenações e Simpósios Regionais (realizados desde 2013), e em seu processo de midiatização via internet.