Campanha Nacional pela Laicidade do Estado – Carta da ABHR pela Laicidade do Estado

Carta da ABHR pela Laicidade do Estado
28 de outubro de 2018

A Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) respeita o resultado das eleições presidenciais ocorridas em 28 de outubro de 2018 e que elegeram Jair Messias Bolsonaro (Partido Social Liberal – PSL) como o próximo Presidente da República, e deseja ao mesmo um governo verdadeiramente democrático, laico, plural e inclusivo.

No entanto, externamos profunda preocupação com alguns dos primeiros pronunciamentos do Presidente eleito, que sinaliza o rompimento do princípio da laicidade do Estado. O Presidente eleito iniciou seu pronunciamento com a passagem bíblica de João 8:32 (“conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”) e apresenta-se como missionário de Deus. Minutos antes, em cerimônia pública, convidou o Senador evangélico Magno Malta (Partido da República – PR) a pronunciar-se. Além de ungir Bolsonaro, este fez notar que o mesmo foi posto no mando da nação por Deus. O slogan da campanha presidencial também causa preocupação: “Deus acima de todos”.

Em uma sociedade verdadeiramente inclusiva, democrática, plural e laica, o respeito à diversidade de crenças (e também de descrenças, ao ateísmo e ao agnosticismo) deve ser devidamente assegurado. É urgente que a laicidade do Estado, prevista pela nossa Constituição Federal, seja devidamente assegurada. Por uma sociedade realmente livre, democrática, progressista e acolhedora a todas as diferenças e diversidades, reivindicamos o respeito à devida separação entre Igreja e Estado.

Através desta carta informamos o lançamento da Campanha Nacional pela Laicidade do Estado, pedindo que as entidades interessadas em assinar a carta – que pede que a Laicidade do Estado seja devidamente garantida – acessem nosso sítio www.abhr.org.br.

Por fim, para além da aparente dissolução de um Estado laico que garanta o devido respeito à liberdade de crenças, ainda nos preocupa as declarações de Jair Bolsonaro antes de ser eleito acerca de temas como procedência regional, sexualidade, raça/etnia e gênero. Faz-se necessário observar que o Presidente eleito governe para todas as pessoas de forma totalmente justa, equânime e igualitária.

Mantendo-se aberta aos diálogos necessários, cordialmente,

Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR)

#ABHRresiste    #ABHRéamor

___________

A ABHR lança em 29 de outubro de 2018 a Campanha Nacional pela Laicidade do Estado. Nossas primeiras ações foram a confecção da Carta da ABHR pela Laicidade do Estado e a Campanha (petição) via Avaaz.org.

 

O tema refletirá em nossos Simpósios Regionais de 2019, que tratarão da laicidade, diversidades e Direitos Humanos.

Novas ideias são sempre bem-vindas: “vamos precisar de todo mundo, pra banir do mundo a opressão, para construir a vida nova vamos precisar de muito amor”. Sigamos todes juntes. #ABHRresiste #ABHRéamor

Para participar da Campanha Nacional pela Laicidade do Estado, proposta pela ABHR, sugerimos a prévia leitura da Carta da ABHR pela Laicidade do Estado (acima).

a) as pessoas e entidades interessadas podem acessar este link e assinar

b) observatórios, núcleos e laboratórios de pesquisa, Programas de Pós-graduação, Departamentos de graduação e outras entidades brasileiras e estrangeiras interessadas em assinar a Carta da ABHR pela Laicidade do Estado e ingressar na Campanha devem encaminhar e-mail à divulgacao.abhr@gmail.com

Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR) 

 

Entidades signatárias (atualizado em 05 de novembro de 2018)

  • Fogo Editorial
  • Laboratório Interdisciplinar de Estudos de Religiões da Universidade Federal do Alagoas (LIER/UFAL)
  • Grupo de pesquisa História e Catolicismo (UFRJ)
  • Observatório da Laicidade na Educação
  • Centro de Pesquisas da Religião (Universidade Estadual de Feira de Santana)

#ABHRresiste    #ABHRéamor