Anais dos Simpósios da ABHR, Vol. 12 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Organizações religiosas e associações confessionais diante do Novo Código Civil

Naiana Mariana Moreno Silva

Resumo


Com a vigência da Lei 10.406/02, as organizações religiosas foram enquadradas como associações; dessa forma, estas se viram obrigadas a ter seus estatutos modificados e parte de sua organização e gestão enquadrados como exige o art. 2.031 desta referida lei civil. Diante disso, adveio a Lei 10.825/03 estabelecendo as organizações religiosas como pessoas jurídicas próprias, liberando-as desse enquadramento estabelecido às associações. Porém, nessa divisão, seus gestores passaram a questionar se a entidade se trata de fato de uma organização religiosa ou se, na realidade, essa entidade é uma associação confessional; assim, serve esta comunicação para avaliar os efeitos da criação da Lei 10.825/03 diante do Registro Civil das Pessoas Jurídicas e do fomento governamental a essas entidades diante do princípio da laicidade do nosso Estado Brasileiro.

Texto Completo: HTML

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.